Do Alto da Ponte

Artistas Unidos

teatro
10 janeiro a 27 janeiro 2019
qua: 21h; qui: 21h; sex: 21h; sáb: 21h; dom: 17h30
São Luiz Teatro Municipal
Do Alto da Ponte

Obra-prima da dramaturgia norte-americana, Do Alto da Ponte conta a história de homens que ganham a vida “nas docas que se estendem de Brooklyn até ao quebra-mar, onde o oceano começa”. Mais concretamente, a peça de Arthur Miller (1915-2005) narra o drama de Eddie Carbone, “um bom homem”, daqueles que “trabalhava nas docas quando havia trabalho, trazia o dinheiro para casa e vivia”. Um dia, a vida normal do estivador Eddie altera-se radicalmente com a chegada de dois primos da mulher, clandestinos, provindos de Itália. Sobretudo quando um deles começa a cortejar Catherine, a sua jovem e amada “sobrinha”.

Estreada inicialmente em 1955 (numa encenação de Martin Ritt), em plena “caça às bruxas” do MacCarthismo, esta tragédia moderna sobre amores proibidos, suspeição e delação começou por ser um rotundo fracasso na brilhante carreira do autor de Morte de um Caixeiro Viajante e As Bruxas de Salém. Um ano depois, já reescrita, a peça seria encenada em Londres por Peter Brook, passando a figurar de pleno direito entre as maiores obras dramáticas do século XX.

Mais de meio século passado sobre a estreia, Jorge Silva Melo e os Artistas Unidos voltam a este Miller, àqueles anos 50, àqueles estivadores e migrantes em busca de um futuro na “garganta de Nova Iorque que engole toda a tonelagem do mundo”, para falar do tempo de hoje. FB

Sessão com audiodescrição e língua gestual portuguesa: 20 de janeiro


Ficha técnica:

Artistas Unidos. Arthur Miller, texto; Jorge Silva Melo, encenação; Américo Silva, Joana Bárcia, Vânia Rodrigues, António Simão, Bruno Vicente, André Loubet, Tiago Matias, Hugo Tourita, Gonçalo Carvalho, João Estima, Romeu Vala, Hélder Braz e Inês Pereira, interpretação.


12 € a 15 € - (ver descontos)

Local: