[Invasor abstracto#7] O Tom do Pomar

Osso Colectivo+J. Pomar

artes
30 janeiro a 26 maio 2024
Atelier-Museu Júlio Pomar
[Invasor abstracto#7] O Tom do Pomar

O OSSO é uma estrutura coletiva que procura explorar práticas artísticas em articulação com um pensamento crítico, estético e político que contemple a especificidade dos contextos e territórios nos quais se inserem.

Invasor Abstracto é um projeto do coletivo focado no desenho de programas de instalações, performances e concertos. Esta sétima iteração, que conta com a participação de Rita Thomaz, Nuno Morão e Ricardo Jacinto, propõe-se como um espaço de criação, reflexão e apresentação pública coletiva.

Valorizando aquilo que foi uma possibilidade do 25 de Abril – trabalho colaborativo, coletivo – esta exposição-instalação tem como elemento central uma pauta sonora realizada a partir do registo áudio de Júlio Pomar a trabalhar no seu ateliê, recolhido por Ricardo Jacinto aquando da composição musical original para o filme Só o Teatro é Real, de Tiago Pereira.

Nesta ocupação do Atelier-Museu Júlio Pomar, o OSSO propõe estabelecer um conjunto de vizinhanças entre uma seleção do acervo de desenho do museu e as suas observações sonoras e visuais dos territórios social, natural, simbólico e material que «enxertam» o pomar do OSSO com o pomar do Júlio.

O Tom do Pomar [Invasor abstracto #7] dá seguimento a um programa de exposições do Atelier-Museu Júlio Pomar que, todos os anos, procura cruzar o trabalho de Pomar com o de outros artistas, de modo a estabelecer novas relações entre a obra do pintor e a contemporaneidade.

Terça a domingo, das 10h às 13h e das 14h às 18h

Visita guiada com Língua Gestual Portuguesa, 25 de fevereiro, 24 março, 21 abril, às 15h30. Marcação prévia: servicoeducativo@ateliermuseujuliopomar.pt


Local: