O Outro como Epifania do Belo

artes
25 junho a 4 setembro 2021
vários horários
vários locais
O Outro como Epifania do Belo

Traçando um itinerário pelos espaços vitais do Pólo Cultural de São Roque, no Largo Trindade Coelho, a exposição O Outro como Epifania do Belo surge como resposta à convocação do tema da hospitalidade como desígnio para uma cultura do outro.

As obras de André Guedes (Brotéria), Fernanda Fragateiro (Largo Trindade Coelho), Joana Craveiro (Arquivo Histórico e Biblioteca da SCML), Manicómio (Museu de São Roque), Pedro A.H. Paixão (Igreja de São Roque) e Rui Pimentel (Convento de São Pedro de Alcântara) podem ligar-se a um pulsar geracional do “idealismo pragmático” em cujas leituras se pretende inserir a hospitalidade como casa de saída no percurso que procura trazer o outro à experiência partilhada.

Programa integral.

Segunda a sábado, das 10h às 18h

Visita orientada à obra do Manicómio, com Sandro Resende, 14 julho: 18h e 18h30
Visitas orientadas à exposição até 1 de setembro. Quartas às 13h e sábados às 16h30. Encontro: Lg. Trindade Coelho
Marcação prévia [email protected]


Local:

Largo Trindade Coelho