Margarida Jácome Correia

literatura
24 janeiro a 30 abril 2019
vários horários
Biblioteca Nacional de Portugal
Margarida Jácome Correia

Detentora de grande beleza, de forte personalidade, e de considerável fortuna familiar, Margarida Vitória Borges de Sousa Jácome Correia, Marquesa de Jácome Correia ou, para o povo da Ilha de S. Miguel, A Marquesinha, era filha de Aires Jácome Correia, marquês de Jácome Correia, e de Dona Joana Chaves Cymbron Borges de Sousa. Cultivou relações com personalidades importantes do meio cultural português, designadamente os escritores Armando Côrtes-Rodrigues, com quem foi casada, Domingos Monteiro, Hernâni Cidade, Natália Correia e Vitorino Nemésio.

A sua vida afetiva, recheada de acidentes por vezes dramáticos, por vezes pitorescos, atingiu contornos escandalosos para os padrões portugueses e sobretudo insulares da época. Foi através de Côrtes-Rodrigues que Margarida Vitória conheceu Vitorino Nemésio, que por ela se apaixonou, vivendo os dois uma relação amorosa de enorme intensidade que durou até à morte de Nemésio e que este registou nos poemas que viria a reunir no livro Caderno de Caligraphia. Encontram-se ecos desta relação nas memórias de Margarida Vitória, o polémico Amores de Cadela «Pura»: confissões, cujo primeiro volume (1976) foi escrito com o apoio de Vitorino Nemésio – e sobretudo no segundo volume, concluído pouco antes da morte da autora e que só viria a ser publicado em 2004.

A presente mostra reúne edições de Amores da Cadela «Pura», o autógrafo do prefácio de Margarida Jácome Correia, o texto da badana da primeira edição preparado por Vitorino Nemésio, além de cartas deste sobre o assunto. Expõem-se ainda manuscritos, originais, a 1.ª edição de Cadernos de Caligrafia, de Vitorino Nemésio, e outros poemas em que Margarida Jácome Correia é a musa, complementados com fotografias de ambos. São também evocadas as origens de Margarida Vitória, com fotografias e bilhetes-postais ilustrados de casas de família, fotografias da própria em várias fases da vida.

Segunda a Sexta das 9h30 às 19h30. Sábados das 9h30 às 17h30


Local: