Fausto

Goethe/Nerval / Comuna

teatro
30 abril a 19 junho 2022
qua: 19h; qui: 21h; sex: 21h; sáb: 21h; dom: 16h
Teatro da Comuna
Fausto

Para assinalar os 50 anos da Comuna, João Mota cumpre uma vontade antiga e leva à cena Fausto, a obra-prima de Goethe (1749-1832). Contudo, o histórico encenador parte da tradução para português de Luiza Neto Jorge da versão francesa assinada pelo “poeta maldito” Gérard de Nerval (1808-1855). Mais do que uma tradução, Nerval assinou uma visão muito peculiar do poema dramático – tradução da qual se diz ter agradado ao próprio Goethe, muito embora fosse sabido que Nerval não tinha um domínio perfeito do alemão –, e onde se evidencia primorosamente o universo da alegoria, do sonho e do símbolo.

Segundo João Mota, como espetáculo este Fausto marca um regresso categórico ao teatro de pesquisa e à experimentação dramática que marca a maioria do trabalho desenvolvido pela Comuna ao longo das décadas. Rogério Vale e Carlos Paulo, ambos no papel de Fausto, Ana Lúcia Palminha, em Margarida, e Hugo Franco, como Mefistófeles, encabeçam o elenco composto por uma dezena de atores. FB

Reservas: T. 217 221 770 | email: reservas@comunateatropesquisa.pt

A 1 de maio, dia do 50.º aniversário da Comuna, a récita do espetáculo é de entrada livre, limitada à lotação disponível. A distribuição de bilhetes inicia-se pelas 15 horas, junto à bilheteira do teatro.


Ficha técnica:

Comuna - Teatro de Pesquisa. Johann Wolfgang Goethe e Gérard de Nerval, texto; João Mota, encenação; Ana Lúcia Palminha, Carlos Paulo, Francisco Pereira de Almeida, Gonçalo Botelho, Hugo Franco, Luís Garcia, Miguel Sermão, Patrícia Fonseca, Rogério Vale e João Mota (voz off), interpretação.


12,50 € - preço normal
7,50 € - dia do espectador (quarta-feira)

Local: