Augusto Cabrita

Sessões de cinema

cinema
18 fevereiro a 14 abril 2024
dom: 17h
Biblioteca de Marvila
Augusto Cabrita

Integradas na retrospetiva FILMar, organizada pela Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema no âmbito do programa EEAGrants 2020-2024, são apresentadas três sessões de curtas e longas-metragens onde os filmes realizados por Augusto Cabrita, a memória da indústria da estiva do porto de Lisboa, e a presença de Amália Rodrigues, constituem momentos de diálogo com a exposição Augusto Cabrita, O Olhar Encantado.

São apresentados filmes de Augusto Cabrita, Jean Leduc, Manuel Guimarães, Mota da Costa e Carlos Vilardebó, realizados entre 1932 e 1970. As sessões são acompanhadas de uma apresentação.

Programa:

18 fevereiro:
Gaivota (Carlos Vilardebó, 1961)
Amália canta: ouça lá oh senhor vinho! de Alfredo Janes (Augusto Cabrita, 1971)
O fado (Maurice Mariaud, 1924)
Des portugais (Jean Leduc, 1970)

17 março:
O mar transporta a cidade (Augusto Cabrita, 1971)
Os caminhos do sol (Augusto Cabrita e Carlos Vilardebó, 1966)
Docas de Lisboa + Tráfego e estiva (Manuel Guimarães, 1967)

14 abril:
Porto de Lisboa (Paulo Brito Aranha, 1934)
Vidas sem rumo (Manuel Guimarães, 1958)

Entrada livre sujeita à lotação da sala | M/12


Local: