Este evento já ocorreu.

A peça que dá para o torto – ADIADO

de H. Lewis, J. Sayer, H. Shields

teatro
1 julho a 2 agosto 2020
qua: 21h30; qui: 21h30; sex: 21h30; sáb: 21h30; dom: 17h
Casino de Lisboa
A peça que dá para o torto – ADIADO

Estreada no último mês de fevereiro, tendo depois a carreira suspensa, a hilariante e premiada comédia de Henry Lewis, Jonathan Sayer e Henry Shields, galardoada em 2015 com o Laurence Olivier Award, está de regresso ao palco do Casino de Lisboa.

A peça que dá para o torto refere-se a O Crime na Mansão Haversham (uma versão fictícia de The Mousetrap de Agatha Christie), espetáculo que uma trupe de artistas amadores encena no teatro local. Porém, durante a representação, tudo começa a correr mal, desde brancas no texto por alguns dos atores a adereços que se incendeiam, portas coladas e estruturas de cenário que desmoronam. O resultado é um inenarrável e frenético caos que fez desta comédia muito física um caso de invulgar sucesso internacional.

A versão portuguesa, traduzida e adaptada pelo humorista Nuno Markl, replica a produção londrina, e é encenada por Hannah Sharkey (uma das assistentes de encenação da versão original estreada pelo Mischief Theatre, em 2013), sendo Frederico Corado o encenador residente para as apresentações em Portugal. FB

Em virtude da actual conjutura provocada pela pandemia COVID-19, a UAU informa que a peça “A Peça Que Dá Para o Torto” agendada para julho no Auditório dos Oceanos se encontra adiada para data a anunciar.

Lisboa: Os bilhetes já adquiridos para as sessões agendadas anteriormente para o Auditório dos Oceanos NÃO são válidos pelo que deverão ser trocados no respectivo local de compra aquando da definição das novas datas, dentro do prazo a divulgar.

As novas sessões serão divulgadas em breve.


Ficha técnica:

Henry Lewis, Jonathan Sayer e Henry Shields, texto; Hannah Sharkey e Frederico Corado, encenação; Alexandre Carvalho, Cristóvão Campos, Igor Regalla, Inês Castel-Branco, Joana Pais de Brito, Miguel Thiré, Telmo Mendes e Telmo Ramalho, interpretação.


18 € e 20 € - quartas, quintas e domingos
20 € e 22 € - sextas e sábados

Local: