Sábados em família

Sessões de cinema em julho

cinema
4 julho a 25 julho 2020
sáb: 15h
Cinemateca Júnior
Sábados em família

O cinema regressa ao Palácio Foz, e isso é o mesmo que dizer que a Cinemateca Júnior abre portas em julho com Chaplin, Lamorisse, Tati e o mais contemporâneo Wes Anderson.

O Circo
de Charles Chaplin
com Charlie Chaplin, Merna Kennedy, Harry Crocker, Allan Garcia
Estados Unidos, 1928 – 70 min / legendado em português | M/6
O conhecido vagabundo, Charlot, vai trabalhar no circo por acaso e torna-se rapidamente a  estrela da companhia. O Circo é das maiores homenagens ao espetáculo circense feitas em cinema, pelo mais sublime palhaço de todos os tempos, Charlie Chaplin. A apresentar em cópia digital.

4 jul: 15h

Crina Branca
de Albert Lamorisse
com Alain Emery, Pascal Lamorisse, Laurent Roche, Frank Silvera
França, 1953 – 38 min / legendado eletronicamente em português
O Balão Vermelho
de Albert Lamorisse
com Pascal Lamorisse, Georges Sellier, Vladimir Popov
França, 1956 – 34 min / sem diálogos
duração total da sessão: 72 minutos | M/6
As duas curtas-metragens de Albert Lamorisse dos anos cinquenta estão associadas à infância: Crina Branca (Palma de Ouro de curta-metragem em Cannes 1953) foi filmado na região da Camarga como a fábula de um rapaz que doma um cavalo branco. O Balão Vermelho é uma história de bairro (o parisiense Ménilmontant) e segue a personagem de um miúdo pelas ruas de Paris, onde um balão vermelho se torna motivo de inveja. Ambos os filmes a exibir em versão digital.

11 jul: 15h

Moonrise Kingdom
de Wes Anderson
com Jared Gilman, Kara Hayward, Bruce Willis, Edward Norton, Tilda Swinton, Bill Murray
Estados Unidos, 2012 – 94 min / legendado em português | M/12
Coescrita com Roman Coppola, a sétima longa-metragem de Wes Anderson põe as suas personagens numa ilha da costa de Nova Inglaterra nos anos sessenta e segue dois estranhos miúdos que se apaixonam e decidem fugir juntos, levando famílias e autoridades a seguir no seu encalço.

18 jul: 15h

As Férias do Senhor Hulot
de Jacques Tati
com Jacques Tati
França, 1953 – 86 min / legendado em português | M/6
O senhor Hulot é o homem que perturba as normas, tornando-se revelador dos pequenos vícios e do ridículo que fazem parte da vida comum de todos nós, um mundo que tem aqui o seu microcosmo numa estância balnear. Mas os atos de Hulot são involuntários e inocentes e é do contraste com a reação dos outros que nasce o humor.

25 jul: 15h

Local: