Primavera Tardia

(Re) visitação do Cinema Japonês

cinema
31 maio a 11 julho 2018
todo o dia
Espaço Nimas
Primavera Tardia

Um ciclo de filmes de samurais, filmes de yakuzas, filmes de aventuras, filmes eróticos, filmes de família, filmes de fantasmas por ocasião do lançamento das caixas DVD de Kenji Mizoguchi (9 de junho) e Yasujiro Ozu, da estreia de Esplendor, o novo filme de Naomi Kawase (14 de junho), e da reposição, em cópia digital restaurada, dos filmes Primavera Tardia, de Yasujiro Ozu (28 de junho) e Contos Cruéis da Juventude, de Nagisa Oshima (5 de julho).

 

A cinematografia japonesa é das mais relevantes na história do cinema, apesar de muitos dos seus filmes se terem perdido (sobretudo do período do cinema mudo). Tardiamente descoberta no Ocidente, com o espanto e a admiração de quase todos, no início dos anos 50, quando Akira Kurosawa recebeu o Leão de Ouro no festival de Veneza com Rashomon, e logo de seguida com os prémios a Mizoguchi, por A Vida de O’Haru e Contos da Lua Vaga; depois na Inglaterra e EUA, em finais da mesma década, com as primeiras menções a Ozu, que ficou a ser mais conhecido no final dos anos de 1970, quando Tokyo Monogatari/Viagem a Tóquiofoi finalmente exibido comercialmente nos Estados Unidos e na Europa — a estreia comercial em Portugal, tal como a de outros filmes de Ozu, só aconteceria há poucos anos, pela mão da Leopardo Filmes, começando aí o enorme culto do cineasta. Mizoguchi, realizador da nouvelle vague, teve a crítica francesa a seus pés, quando em 58 os Cahiers incluíram os Contos na lista dos melhores filmes de todos os tempos. São estes os três grandes mestres deste programa.  São ainda apresentados filmes dos expoentes da Nouvelle Vague japonesa como Kôji Wakamatsu, Nagisa Oshima ou Shoei Imamura. E também obras dos novos cineastas nipónicos como Takeshi Kitano, Kiyoshi Kurosawa, Hirokazu Koreeda e Naomi Kawase.

 

 

Programação integral aqui

Local:

Avenida 5 de Outubro 42B 213 574 362 medeiafilmes.com

espaconimas@gmail.com