O beijo do poeta

Adriana Queiroz

música, teatro
2 julho 2024
ter: 21h
Teatro da Trindade INATEL
O beijo do poeta

Natália Correia e Ary dos Santos eram seres muito diversos mas tinham em comum o exagero, a vertigem do abismo, a inteireza.  Adriana Queiroz viu como seria maravilhoso entrelaçar as duas obras como se de um epistolarão se tratasse. Mas em boa verdade quem deu o pontapé de saída para este livro, disco, espectáculo ou o que lhe quiserem chamar foi Natália quando escreveu em diferentes épocas elogios e criticas ferozes ao poeta ou ao letrista Ary, como lhe quiserem chamar.

Adriana escolheu poemas, enviou-os a compositores, rodeou-se de músicos excepcionais e cantou aquelas palavras sagradas sem tentar reproduzir a energia dos dois poetas mas imprimindo ela própria a sua inteireza, a sua vertigem pelo abismo, a sua profunda devoção pelo seu oficio.

O que daqui sai é um beijo que no inicio é entre posts, depois entre músicos e cantora mas só termina quando Adriana deposita esse beijo na alma do publico. E Adriana fá-lo enquanto actriz, cantora, intérprete ou o que lhe quiserem chamar.

Ficha técnica:

Adriana Queiroz e Tiago Torres da Silva, encenação e dramaturgia; Adriana Queiroz, conceção e voz; Fred Martins, Sara Carinhas, Sandra Rosado e Quarteto Arabesco, participação especial.


14 € a 20 €

Local: