Não existem cabeças bicudas

Joana Brito Silva

teatro
10 setembro a 11 setembro 2022
sáb: horário a anunciar; dom: horário a anunciar
Quinta Alegre - Lugar de Cultura
Não existem cabeças bicudas

Num povoado imaginado por Bertolt Brecht, em 1933, um tirano ascende ao poder e para desviar as atenções da crise económica instalada, invoca uma divisão do povo de acordo com a forma das suas cabeças.

Tendo como ponto de partida a peça de Brecht, Não Existem Cabeças Bicudas propõe à comunidade da freguesia de Santa Clara uma reflexão sobre os motivos que podem separar um ser humano de outro. Vários artistas jovens da freguesia e utentes idosos do Centro de Desenvolvimento Comunitário da Charneca, guiados por Joana Brito Silva, estabelecerão, através de ferramentas teatrais e musicais, um debate sobre racismo, idadismo e regionalismos.

Espetáculo integrado no TODOS 2022.

Contacto e reservas: festival.todos.reservas@gmail.com | T.936 003 773


Ficha técnica:

A partir de Bertolt Brecht. Joana Brito Silva, direção artística; Mariana Fonseca e Miguel Jesus, dramaturgia; André Pardal, Joana Brito Silva, Nelma Barreto, Ronaldo Rodrigues, Txynilee, Vitor Monteiro e utentes do CDCC- SCML, interpretação; Edison Otero, Hélder Carvalho, Sebastian Scheriff, músicos.

Local:

Campo das Amoreiras, 93 218 174 040

quinta.alegre.lc@cm-lisboa.pt