Mais Alto!

música
27 abril a 28 abril 2024
sáb: 16h30 e 18h30; dom: 11h30 e 16h30
LU.CA - Teatro Luís de Camões
Mais Alto!

Diz-se que o 25 de Abril de 1974 mudou o país da noite para o dia. Diz-se também que, até à revolução de 1974, Portugal era um país fechado, um país cinzento e triste. Que país era este que vivia atrás de uma porta trancada? Haveria pessoas que espreitavam pelo buraco da fechadura para tentar ver a democracia? Que encostavam o ouvido à porta para escutar o som da liberdade? Que sons lhes chegariam? Sussurros, gritos, palavras, música? Que música seria essa? Faria sonhar? Suspirar? Conspirar?

Porque em 2024 se celebram os 50 anos da revolução do 25 de abril, Mais Alto! regressa ao LU.CA com um apanhado de canções dos seus vários concertos e um disco-livro no horizonte. Músicas que fizeram sonhar, suspirar, conspirar… e talvez revolucionar todos os homens e mulheres que viviam atrás desta porta fechada que era Portugal. Venham cantar também e não permitir (nunca!) que esta porta se feche outra vez.

Lançamento disco-livro Mais Alto!
28 abril: 17h30 (após o concerto)
O Mais Alto! é um concerto comentado que nasceu no LU.CA, em, Lisboa, com a ideia de celebrar a democracia e refletir sobre o papel da música nas mudanças sociais e políticas. Desde a sua primeira apresentação, tem subido aos palcos de todo país, com apresentações para famílias e escolas, procurando levar mais longe a ideia de que todos juntos, cantando bem alto, conseguimos atingir objetivos comuns. O Mais Alto! chega agora ao público em formato livro-disco, com algumas das canções que têm vindo a integrar o espetáculo, da autoria, entre outros, de José Afonso, José Mário Branco, Rita Lee, Titãs, Nuno Prata, Luís Severo ou Clã.As músicas, as letras, as histórias (e a História) por detrás destas canções são algumas das surpresas que os leitores e ouvintes aqui irão encontrar.

Ficha técnica:

Afonso Cabral, Francisca Cortesão, Inês Sousa, Isabel Minhós Martins, João Vaz Silva e Sérgio Nascimento, criação do espetáculo e seleção de músicas; Isabel Minhós Martins, textos.


3 €

Local: