José Saramago e uns documentos do ‘Diabo’…

literatura
2 agosto a 6 setembro 2022
Arquivo Nacional da Torre do Tombo
José Saramago e uns documentos do ‘Diabo’…

No ano em que se assinala o centenário do nascimento do escritor José Saramago(1922-2010), o Arquivo Nacional da Torre do Tombo promove uma Mostra Documental e Bibliográfica que faz uma retrospetiva da vida deste autor através de testemunhos de diversos acervos, nomeadamente correspondência pessoal e fotografias.

Dos processos da PIDE/DGS, movidos no âmbito da vigilância habitualmente exercida sobre quem suscitava suspeitas de não alinhamento aos ideais vigentes, salienta-se uma carta que escreveu à filha, Violante Saramago Matos, em 1973, aquando da detenção desta na sequência do seu envolvimento nas comemorações do Primeiro de Maio daquele ano.

Igualmente em destaque, uma carta de Paris, escrita por Luís Cília, a propósito da colaboração entre ambos num trabalho discográfico, em que o cantor e compositor utilizaria letras de Saramago.

Também presente o processo de habilitação do jornal O Diabo, em 1973, com propriedade e edição de José Saramago e direção de Mário Ventura Henriques e uma carta aberta de divulgação dos objetivos e intenções deste semanário de informação e crítica, cujos signatários eram, de entre outros, José Cardoso Pires, Alice Vieira, Óscar Lopes, Borges Coelho, Orlando Costa, entre outros

Do arquivo fotográfico do Diário de Lisboa mostram-se algumas fotografias de Saramago obtidas ao longo dos anos, individualmente ou em grupo.

Segunda a sexta, das 9h30 às 19h30


Local: