Habrás de ir a la guerra que empieza hoy

Pablo Fidalgo

teatro
16 janeiro a 18 janeiro 2020
qui: 19h; sex: 21h30; sáb: 21h30
Teatro do Bairro Alto
Habrás de ir a la guerra que empieza hoy

“Ao meu querido irmão Manolo, com saudade de anos e distância.” – Esta dedicatória manuscrita num manual de origami do tio-bisavô de Pablo, Giordano Lareo, é o início de Habrás de ir a la guerra que empieza hoy.

Preso durante a Guerra Civil, exilado depois de escapar à execução, Giordano foi também professor, tradutor, inventor de um sofá-cama e origamista na Argentina. Nesta peça, que é ao mesmo tempo um primeiro encontro e a última dança, Pablo reconstrói a figura fascinante do seu tio-bisavô, a história da sua família e de Espanha. A Argentina, a terra do exílio, converte-se assim no lugar onde nos preparamos para a guerra, onde pomos a salvo as ideias, onde educamos o olhar para uma paisagem infinita que nos acompanhará até ao final.

A 18 janeiro, a sessão tem audiodescrição e interpretação em Língua Gestão Portuguesa.


Ficha técnica:

Pablo Fidalgo, texto e direção; Cláudio da Silva, interpretação.


12 € - preço normal
5 € - menores de 25 anos

Local: