Fernão Cruz

Morder o pó

artes
24 setembro 2021 a 17 janeiro 2022
vários horários
Fundação Calouste Gulbenkian
Fernão Cruz

Morder o Pó de Fernão Cruz (Lisboa, 1995), um jovem artista cujo percurso se tem vindo a consolidar nos últimos anos, apresenta 10 pinturas e 20 esculturas inéditas num projeto pensado de raiz para a Fundação Calouste Gulbenkian. Desde a sua criação, a Gulbenkian tem apoiado o trabalho de artistas jovens e emergentes na cena artística nacional, dando espaço e visibilidade à sua expressão criativa.

A exposição resulta de um convite feito diretamente ao artista e corresponde a um projeto pensado de raiz para a Fundação Gulbenkian. Serão mostradas 30 obras inéditas: 10 telas pintadas a óleo e a resina alquidica e 20 esculturas, quase todas em bronze, instaladas em dois espaços sucessivos, mas distintos, separados por um corredor escuro que o visitante é convidado a percorrer depois de passar uma porta-pintura entreaberta.

Quarta a segunda, das 10h às 18h

Entrada gratuita mediante levantamento de bilhete.


Ficha técnica:

Curadoria de Leonor Nazaré

Local:

Fundação Calouste Gulbenkian

fundação, museu, biblioteca, auditório
Avenida de Berna, 45A 217 823 000 http://www.gulbenkian.pt