A besta, As luas (trabalho em processo)

Elizabete Francisca

dança
21 março 2020
16h30
Museu de Lisboa - Palácio Pimenta
A besta, As luas (trabalho em processo)

Fortemente baseada no verso “eu não obedeço porque sou molhada” da canção Banho interpretada por Elza Soares, Elizabete Francisca propõe-se enunciar, através de gestos e sons, uma representação possível da geografia política de um corpo não submisso. O corpo como arma política, o último reduto de qualquer experiência, pois se é nele que se pode rever verdadeiramente as consequências de um sistema, é através dele que se pode reverter processos e por isso realidades: um grito.

Ficha técnica:

Elizabete Francisca, criação e interpretação

Local: