Samson Kambalu

Freetown

artes
2 outubro 2021 a 6 fevereiro 2022
vários horários
Culturgest
Samson Kambalu

Nascido no Malawi em 1975, Samson Kambalu radicou-se no Reino Unido no início da década de 2000. Foi quando o artista apresentou um conjunto dos seus filmes Nyau na Bienal de Veneza, em 2015, que o seu trabalho ganhou destaque internacional. Nyau são pequenos clipes, a preto e branco e sem som, que captam performances levadas a cabo pelo próprio Kambalu, um pouco por todo o mundo. Estes filmes, bem como a restante produção do artista, fazem uma tradução entre o universo africano e o ocidental através de um olhar que procura desmontar alguns dos mitos mais enraizados da atividade artística e intelectual da contemporaneidade.

No dia 2 de outubro, às 16h, o artista e o curador de Freetown, Bruno Marchand, realizam uma visita guiada à exposição e conversam com o público sobre as obras selecionadas para esta exposição e as suas articulações no espaço.  Nos dias 9, às 10h, e 13 de outubro, às 18h, têm lugar duas visitas mediadas por Bruno Marques, Nuno Bernardo e Susana Pires.

De referir que Samson Kambalu foi o vencedor do Quarto Plinto, a comissão de arte pública mais famosa do mundo e o prémio de escultura contemporânea mais importante do Reino Unido, com Antelope, uma reconstituição de uma imagem da era colonial que retrata uma fotografia de 1914 de John Chilembwe, padre da Igreja Batista, e de John Chorley, missionário europeu. Em 2022, a escultura irá estar em exibição no famoso pedestal da Trafalgar Square, em Londres.

Terça a sexta, das 12h às 19h, sábado e domingo, das 11h às 18h


Ficha técnica:

Curadoria de Bruno Marchand

Local:

Culturgest

auditório, museu