Retrospetiva Jonathan Meades

CCB digital

cinema
13 fevereiro a 28 fevereiro 2021
Retrospetiva Jonathan Meades

A Garagem Sul do Centro Cultural de Belém organiza um programa de documentários de arquitetura para ver ao longo do mês de fevereiro. O programa é dedicado à obra televisiva, inteligente e irreverente, de Jonathan Meades e centra-se em duas séries produzidas para a BBC dedicadas a Ditadores e Brutalismo. A retrospetiva de Jonathan Meades é acompanhada por uma conversa com o autor, transmitida nas redes sociais do CCB, a 13 de fevereiro, pelas 17h (assistir à conversa a neste link). Meades irá conversar com André Tavares, programador da Garagem Sul sobre a arquitetura promovida por ditadores do século XX.

DITADORES
Esta retrospetiva de Meades concentra-se na sequência que dedicou à arquitetura promovida por ditadores do século XX. Hitler, Estaline, Mussolini e Franco deram substância a um período horroroso da história e a arquitetura desempenhou um papel decisivo nos seus regimes políticos. Em vez de denegrir os vestígios físicos que ficaram para trás, Meades interroga a mudez dos edifícios para compreender as pistas contraditórias que explicam a adoração popular granjeada por estes ditadores carismáticos e pelas suas narrativas religiosas.

Jerry Building: Unholy Relics of Nazi Germany
1994, 37’, Russell England, dir.
Clique aqui para ver o filme (em inglês, sem legendas)

Joe Building: The Stalin Memorial Lecture
2006, 78’
Clique aqui para ver o filme (em inglês, sem legendas)

Ben Building: Mussolini, Monuments and Modernism
2014, 90’, Francis Hanly, dir.
Clique aqui para ver o filme (em inglês, sem legendas)

Franco Building, Mass Tourism
2019, 85’
Clique aqui para ver o filme (em inglês, sem legendas)

BRUTALISMO
Um díptico que redescobre as fontes e o sentido da arquitetura confiante e otimista do Estado Providência que se seguiu ao desastre da guerra, mas cuja expectativa de vida das construções foi encurtada pelo consumismo neoliberal. Meades investiga referências, precursores, atores, admiradores e demolidores desta era para apresentar perspetivas informadas sobre a vida dos edifícios e dos seus construtores.

Bunkers, Brutalism and Bloodymindedness:
2014, 59’ + 59’, Francis Hanly, dir.
Monstrosities and the Martial (1.ª parte)
Clique aqui para ver a primeira parte (em inglês, sem legendas)

Optimism and Grandeur (2.ª parte)
Clique aqui para ver a segunda parte (em inglês, sem legendas)

 

 

 

Estes e outros filmes de Jonathan Meades podem ser vistos em Meades Shrine, acessível através da ligação meadesshrine.blogspot.com