O que fica do que passa

Filipe Pereira e Teresa Silva

dança
4 julho 2021
21h00
Fundação Calouste Gulbenkian
O que fica do que passa

Estreado em 2013, O que fica do que passa é resultado de um certo fascínio pelo espaço envolto e exterior ao corpo. O que fica do que passa são impressões, sensações, memórias sintetizadas num corpo boquiaberto que é atravessado por matérias, luz e som para criar uma coreografia visual que rejeita a linearidade do sentido mas cria uma ficção sensorial. Através da ativação de materiais precários, frágeis e banais dão a ver seres orgânicos ou fenómenos naturais que transportam a um lugar de maravilhamento.

Ficha técnica:

Filipe Pereira e Teresa Silva, criação, interpretação, luz, sonoplastia e figurinos; Teresa Silva, coreografia.


4 € - normal

Local:

Fundação Calouste Gulbenkian

fundação, museu, biblioteca, auditório
Avenida de Berna, 45A 217 823 000 http://www.gulbenkian.pt