Naquele dia não passou na televisão

Teatro do Vestido

teatro
26 outubro a 29 outubro 2022
qua: 15h; qui: 15h; sex: 15h; sáb: 15h, 19h
Quinta Alegre - Lugar de Cultura
Naquele dia não passou na televisão

O Teatro do Vestido parte de testemunhos e documentos para relatar a forma como a morte do jovem estudante António José Ribeiro dos Santos, assassinado por um agente da PIDE-DGS numa reunião no ISCEF (Instituto de Ciências Económicas e Financeiras, hoje ISEG) foi divulgada, quer pelos seus amigos, apoiantes e companheiros de luta; quer pelo regime, que tudo fez para disfarçar o seu assassinato como um “acidente”, fruto de desacatos com os estudantes, em “tiros disparados para o ar.”

Não por acaso, dois anos depois, à porta da Rua António Maria Cardoso, em Lisboa, no dia 25 de abril de 1974 os mesmos “tiros disparados para o ar” serviriam como alibi para os agentes da PIDE que dispararam sobre a multidão matando 4 pessoas. Era, afinal, um modus operandi.

Entrada gratuita, mediante inscrição prévia para quinta.alegre.lc@cm-lisboa.pt | T.218 174 04

Sessões para grupos escolares de quarta a sexta às 19h (mediante inscrição prévia)


Ficha técnica:

Teatro do Vestido. Joana Craveiro, investigação, texto e direção; Estêvão Antunes, Francisco Madureira, Inês Rosado, Tânia Guerreiro e Tozé Cunha, intepretação.

Local:

Campo das Amoreiras, 93 218 174 040

quinta.alegre.lc@cm-lisboa.pt