Jardim de Verão 2020

Concertos, performances, workshops, instalações

artes, dança, música
4 julho a 19 julho 2020
vários horários
Fundação Calouste Gulbenkian
Jardim de Verão 2020

Este tem sido um ano atípico em termos de concertos, festivais e outros eventos ligados à Cultura. Aos poucos, a situação começa a normalizar, e as saudades de um bom festival ao ar livre são mais que muitas.

A pensar neste novo contexto pós-pandemia, mas também no público e nos agentes culturais, a Fundação Calouste Gulbenkian desafiou a ZDB (Galeria Zé dos Bois) a organizar o Jardim de Verão 2020, que decorre nos três primeiros fins-de-semana de julho.

O cenário é a verdadeira estrela deste festival ao ar livre, ou não fosse o Jardim Gulbenkian o local ideal para explorar vários caminhos que incluem uma programação transdisciplinar e eclética.

De sexta a domingo, o Anfiteatro ao Ar Livre recebe vários concertos, que passam pela música improvisada, funaná ou música erudita: B Fachada, Luís Severo, Norberto Lobo, Orquestra Gulbenkian ou Selma Uamusse são apenas alguns dos nomes para abrir o apetite (ver lista de concertos abaixo).

Mas nem só de música vive o Jardim de Verão. Aqui pode ver Jardim Concreto, um conjunto de instalações de Patrícia Portela e Christoph De Boeck, Berru e Paulo Morais. Mas há mais: aos domingos de manhã, a Oficina Arara organiza um workshop de serigrafia de máscaras e, aos sábados e domingos à tarde, a ZDB convida a assistir, no palco do Grande Auditório, a duas performances de Gustavo Sumpta e uma de Tiago Barbosa.

Programa

Instalações

Jardim Concreto

Hortus, de Patrícia Portela e Christoph De Boeck

ESTADO EROSÃO, do coletivo Berru

À Margem, de Paulo Morais

4 a 19 jul

Sábados e  domingos: 10h-20h

Workshops de Serigrafia

Diabo da serigrafia

por Oficina Arara

5, 12, 19 jul: 10h

Performances

Primeira lição de voo. Pobre não tem metafísica | O melhor mundo possível

Por Gustavo Sumpta

11, 12, 18, 19 jul: 17h30

ANIMAL ANIMAL

Por Tiago Barbosa e Cláudio da Silva

11, 12, 18, 19 jul: 19h

Concertos

Maria Reis

Alexandre Estrela, Gabriel Ferrandini e Pedro Tavares

Ruin Marble

3 jul: 21h30

Norberto Lobo

João Pais Filipe e Burnt Friedman

4 jul: 21h

Orquestra Gulbenkian

Joana Carneiro, direção musical

5 jul: 21h

Orquestra Gulbenkian

Nuno Coelho, direção musical

10 jul: 21h

B Fachada

Julinho da Concertina

11 jul: 21h

Peter Evans, João Barradas, Demian Cabaud

Som Crescente

12 jul: 21h

Marco Franco, Joana Gama, Tiago Sousa

CALHAU!, com Vasco Alves

17 jul:21h

Luís Severo

Selma Uamusse

18 jul: 21h

Grupo de metais da Orquestra Gulbenkian

Diego Costa, direção musical

19 jul: 21h

Todas as atividades são gratuitas, com exceção dos concertos



10 € - preço único (concertos)

Local:

Fundação Calouste Gulbenkian

fundação, museu, biblioteca, auditório
Avenida de Berna, 45A 217 823 000 http://www.gulbenkian.pt