Gestos & Fragmentos

Registos da vida da Cinemateca

cinema
13 abril a 31 maio 2020
Gestos & Fragmentos

A Cinemateca é mais um dos espaços que adapta a sua programação aos tempos que se vivem. A nova iniciativa, intitulada Gestos & Fragmentos, permite aceder a “filmes, outras peças museográficas e registos da vida da Cinemateca”. Numa primeira fase são apresentadas quatro secções (referidas de seguida). Posteriormente novas rubricas serão anunciadas, entre as quais Histórias do Cinema que, ao longo desta última década, trouxe à Cinemateca grandes nomes da crítica e da historiografia de cinema.

Filmes para ver esta semana

Onde são disponibilizados temporariamente longas-metragens do cinema português, preservadas e digitalizadas em alta definição. Os primeiros títulos são Lisboa, Crónica Anedótica (J. Leitão de Barros, 1930) e Os Verdes Anos (Paulo Rocha, 1963). Seguem-se outros ao ritmo de dois por semana. No período do 25 de Abril será disponibilizado um conjunto de filmes dedicados a este tema.

Filmes disponíveis de 17 a 23 de abril: Os Lobos (1924), de Rino Lupo | O Mal-Amado (1973), de Fernando Matos Silva

25 de abril: As Armas e o Povo (1975), de Glauber Rocha

Filmes disponíveis de 24 a 30 abril: A Canção de Lisboa (1933), de Cottinelli Telmo | Brandos Costumes (1974), de Alberto Seixas Santos

Filmes disponíveis de 1 a 7 maio: A Revolução de Maio (1937), de António Lopes Ribeiro | Gestos & Fragmentos: Ensaio Sobre os Militares e o Poder (1982), de Alberto Seixas Santos

Filmes disponíveis de 8 a 14 maio: Fado – História d’Uma Cantadeira (1947), de Perdigão Queiroga | Colonia e Vilões (1977), de Leonel Brito

Filmes disponíveis de 15 a 21 maio: João Ratão (1940), de Jorge Brum do Canto | Máscara de Aço Contra o Abismo Azul (1988), de Paulo Rocha

Filmes disponíveis de 22 a 28 maio: O Táxi Nº 9297 (1927), de Reinaldo Ferreira | Jogo de Mão (1983), de Monique Rutler

A Cinemateca Júnior vai a casa

Com registos e fichas de atividades a pensar nos mais novos. Para começar, um espetáculo de Lanterna Mágica e propostas de programas (com sugestão de utilização por parte de pais e professores) compostos por filmes disponíveis na Cinemateca Digital.

O museu vai a casa

Onde se destacam objetos e aparelhos da História e Pré-História do Cinema pertencentes à coleção da Cinemateca (o importante acervo museográfico que continua por descobrir e mostrar ao grande público).

Textos & Imagens

Nova etapa da rubrica com ensaios sobre documentos bibliográficos e iconográficos conservados e trabalhados pelo Centro de Documentação e Informação da Cinemateca.

Sala de Projeções

Espaço constituído por peças escritas, filmadas (ou ainda, se se proporcionar, desenhadas ou fotografadas), tanto de participantes da própria Cinemateca como exteriores a ela. São para já incluídos nesta secção textos de Antonio Rodrigues, Joana Ascensão, José Manuel Costa, Luís Mendonça, Luís Miguel Oliveira, Maria João Madeira e Nuno Sena, dois pequenos filmes assinados por Rita Azevedo Gomes e um primeiro contributo escrito exterior à Cinemateca, enviado pelo realizador espanhol Javier Rebollo.

Programação da semana aqui