Fanga_Versão C

Karnart

teatro
1 março a 24 março 2024
sex: das 15h às 19h; sáb: das 15h às 19h; dom: das 15h às 19h
GCK - Gabinete de Curiosidades Karnart
Fanga_Versão C

Depois da apresentação do espetáculo, em dezembro em Lisboa (Versão A) e em início de fevereiro no Porto (Versão B), a Karnart volta a casa para estrear a versão duracional de Fanga, a partir de Alves Redol e das gravuras com que Manuel Ribeiro de Pavia ilustrou a edição da obra de 1948.

Desde os primeiros anos de atividade criativa, a literatura portuguesa tem estado recorrentemente presente no percurso singular da Karnart – recordem-se HúmusIlhas e A Farsa, a partir de Raul Brandão; Satirotic, incursão numa seleção de poemas da Antologia de poesia portuguesa erótica e satírica, organizada por Natália Correia; ou António Marinheiro e Pecado, ambos a partir do teatro de Bernardo Santareno. Dizemos “singular” porque, um espetáculo da Karnart é muito mais do que uma experiência de teatro. Aliás, a evolução do conceito que marca o campo de pesquisa artística da Karnart, o perfinst (cruzamento entre a performance e a instalação) tem vindo a aproximar cada vez mais as criações da estrutura liderada por Luís Castro e Vel Z das artes visuais.

Em Fanga, a Karnart prossegue a pesquisa partindo do romance homónimo de Alves Redol e das gravuras com que Manuel Ribeiro de Pavia ilustrou a edição da obra de 1948 (a primeira edição data de 1943). Reunindo em cena “cinco intérpretes de áreas artísticas diversas” (Paula Só, Inês Vaz, Daniel Moutinho, Nuno Veiga e Valentina Parravicini), Luís Castro destaca a premência de Fanga, “obra que ecoa temáticas como as violências doméstica e de género, o assédio sexual, a exploração de classes, a pobreza, a iliteracia, desafortunadamente ainda tão atuais na sociedade portuguesa dos nossos dias.”  [texto: Frederico Bernardino/Agenda Cultural de Lisboa, dezembro 2023 – atualizado em janeiro de 2024]

Alerta: tendo em conta a duração do evento será permitido ao espectador em posse do seu bilhete sair e entrar no espaço de cena, podendo dessa forma fazer pausas de descanso no foyer do GCK.

Reservas e info: T. 1820 (24h)


Ficha técnica:

KARNART. Alves Redol, texto; Luís Castro, conceito e direção; Vel Z, assessoria artística; Valentina Parravicini, interpretação.


12 € - preço normal (ver descontos aplicáveis)

Local: