Coro do TNSC e Orq. Sinfónica Portuguesa

Concerto de Páscoa

música
28 março 2024
qui: 21h
Centro Cultural de Belém
Coro do TNSC e Orq. Sinfónica Portuguesa

Esta versão do hino Te Deum laudamus, clara demostração da veemência da Fé de Anton Bruckner, foi estreada em janeiro de 1886 no Musikverein de Viena. Gustav Mahler, seu grande admirador, escreveu na sua cópia da partitura: “para coro, solistas, orquestra e órgão ad libitum e para buscadores de Deus e corações castigados”. Bruckner considerava a obra o “orgulho da sua vida”.

A outra obra em programa é a Missa glagolítica, de Leoš Janáček, estreada em Brno em finais de 1927 e considerada uma das mais notáveis e importantes obras religiosas da primeira metade do século XX. A obra segue o Ordinário da Missa Católica, mas em vez da língua latina usa a antiga língua eslava. Tal como a obra de Bruckner, inicia-se com uma exuberante demonstração de Fé, musicalmente concretizada por triunfantes fanfarras dominadas pelos metais. Com esta obra, Janáček tentava uma celebração da cultura Eslava.

Programa
Leoš Janáček (1854-1928) Missa glagolítica
   Úvod – Einleitung – Introduction
   Gospodi pomiluj – Herr, erbarme dich – Kyrie
   Slava – Ehre – Gloria
   Vĕruju – Ich glaube – Credo
   Svet – Heilig – Sanctus
   Agneče Božij – Lamm Gottes – Angus Dei
   Varhany solo – Orgel solo – (Postludium)
   Intrada (Exodus)
Anton Bruckner (1824-1896) Te Deum, WAB 45
   Te deum laudamus – Allegro
   Te ergo quaesumus – Moderato
   Aeterna fac – Allegro, Feierlich, mit Kraft
   Salvum fac populum tuum – Moderato
   In te, Domine, speravi – Mäßig bewegt

Ficha técnica:

Soprano - Dora Rodrigues
Meio-soprano - Maria Luísa de Freitas
Tenor - Misha Didik
Baixo - Jozef Benci
Direção musical - Antonio Pirolli
Coro do Teatro Nacional de São Carlos
(Maestro titular Giampaolo Vessella)
Orquestra Sinfónica Portuguesa


17,5 € a 112 €

Local: