Ciclo de Cinema William Shakespeare

cinema
13 maio a 20 maio 2019
Centro Cultural de Belém
Ciclo de Cinema William Shakespeare

A relação do cinema com a obra dramatúrgica de Shakespeare é longa. O ciclo de filmes apresentado cobre um lapso temporal que vai de 1948, com o Hamlet de Laurence Olivier, um homem do teatro, até ao Romeu e Julieta, de Baz Luhrmann, de 1996, adaptação e releitura contemporânea de uma das histórias de amor mais marcantes da literatura ocidental. Todos os filmes deste ciclo são a demonstração da genialidade de Shakespeare e testemunho do fascínio que a sua obra continua a exercer noutras artes.

Programa:

13 mai
Ran – Os Senhores da Guerra (1985)
De Akira Kurosawa
M/12 | Duração: 2h40
Este grandioso filme de Akira Kurosawa adapta a peça Rei Lear aos temas e ambientes do Japão Medieval, com o episódio de um velho guerreiro que decide repartir as suas terras pelos três filhos, desencadeando uma luta de poder entre os irmãos, que termina de forma trágica.

14 mai
Macbeth (1971)
De Roman Polanski
M/16 | Duração: 2h20
A adaptação de Polanski de uma das mais emblemáticas peças shakespearianas é certamente uma das mais inspiradas e visualmente fiéis recriações do espírito frio e bárbaro da tragédia original, sobre um ambicioso e implacável lorde escocês que, com ajuda da sua não menos cruel esposa e de um trio de bruxas, assume o trono da Escócia.

15 mai
Hamlet (1948)
De Laurence Olivier
M/12 | Duração: 2h35
Esta aclamada versão do clássico de Shakespeare foi produzida, realizada e interpretada por Laurence Olivier, que, no papel de Hamlet, retrata um príncipe da Dinamarca tomado pelo sofrimento, raiva e loucura, à procura de vingar a morte do pai.

17 mai
Sorrisos de uma Noite de Verão (1955)
De Ingmar Bergman
M/12 | Duração: 1h50
Num género que poucos lhe associam, Bergman faz uma brilhante adaptação livre da comédia Sonho de uma noite de Verão, de Shakespeare, cruzando-a com influências de Arthur Schnitzler, Oscar Wilde e Strindberg. Esta comédia de costumes explora a guerra de sexos entre os homens – sempre simbolicamente representados de negro –, e as mulheres – sempre representadas pelo branco – para, numa confluência de enredos e revelações amorosas, mostrar como os sentimentos, nomeadamente o amor e a fidelidade, evoluem ao longo da vida e da passagem do tempo.

18 mai
A Fera Amansada (1967)
De Franco Zeffirelli
M/12 | Duração: 2h
Uma versão irresistível da comédia de Shakespeare sobre as duas belas filhas de um comerciante rico de Parma. Bianca, meiga e graciosa, é cortejada por muitos homens. Katharina, muito temperamental, continua solteira. Para surpresa de todos, o pai resolve que Bianca não se poderá casar até que a irmã também o faça, e oferece um dote a quem se aventurar a casar com Katharina. E eis que surge Petruchio, um jovem falido disposto a arriscar…

20 mai
Romeu + Julieta
De Baz Luhrmann
M/12 | Duração: 2h
Numa adaptação irreverente, Baz Luhrmann atualiza o enredo e uma série de elementos da peça original, para um ambiente boémio e decadente repleto de referentes contemporâneos, porém, mantendo grande parte da poética e dos diálogos originais de Shakespeare.

Sessão às 21h


Ficha técnica:

Um ciclo CCB/ Midas Filmes


4,50 € - por sessão
26 € - pack seis filmes

Local: