A Parede

Alexandre Pieroni Calado e Paula Garcia

teatro
6 novembro a 7 novembro 2020
sex: 21h30; sáb: 21h30
CAL - Centro de Artes de Lisboa
A Parede

Esquartejar um bode e arrancar-lhe os testículos obriga geralmente a uma troca de roupa. Em A Parede, ascendem do Hades os espetros de duas mulheres, talvez as escritoras Sylvia Plath e Ingeborg Bachmann – talvez porque estas poderão representar tantas outras, diz-nos Elfriede Jelinek – num exercício ridículo de vitimização e inveja que aponta para um modo muito sarcástico de lidar com a dor e com o silenciamento feminino.

Ficha técnica:

Elfriede Jelinek, texto; Alexandre Pieroni Calado, conceção e encenação; Paula Garcia, cocriação e interepretação; Filipe Raposo, piano; Leonardo Mouramateus, filme.

Local: