34.º Festival de Almada em Lisboa

34.º Festival de Almada em Lisboa

Cinco espetáculos "capitais"

  • 'Vangelo - Evangelho' de Pippo Delbono
     'Vangelo - Evangelho' de Pippo Delbono
  • 'Moeder' dos Peeping Tom
     'Moeder' dos Peeping Tom
  • 'Bovary' de Tiago Rodrigues pelo Théâtre de la Bastille
     'Bovary' de Tiago Rodrigues pelo Théâtre de la Bastille
  • O cenógrafo e figurinista António Lagarto (primeiro à direita) é o homenageado
     O cenógrafo e figurinista António Lagarto (primeiro à direita) é o homenageado

A edição de 2017 do Festival de Almada apresenta “uma programação muito digna, mas feita em condições particularmente difíceis”. Apesar do otimismo no sucesso desta 34.ª edição, o diretor artístico Rodrigo Francisco não esquece que o Festival continua a fazer-se com “um orçamento dos tempos da troika”. Independentemente disso, a partir de 4 de julho, em Almada e Lisboa, sobem ao palco 26 espetáculos de eleição, cinco deles em salas da capital.

Sob o signo do teatro intimo, a 34.ª edição de um dos mais importantes festivais de teatro da Europa aposta forte em espetáculos de pequeno formato, à semelhança da Hedda Gabler que Juni Dahr levou à Casa da Cerca no ano passado, tendo conquistado o Prémio do Público. Por essa razão, o espetáculo regressa, e a encenadora é a convidada de O Sentido dos Mestres, um programa formativo em que a norueguesa partilhará a sua experiência enquanto criadora independente e investigadora do teatro de Ibsen.

Outro particular destaque vai para O Novíssimo Teatro Português, com um ciclo de cinco espetáculos ilustrativos da enorme qualidade de uma nova geração de criadores, que desenvolve o seu trabalho sem subvenções estatais, e na qual o Festival decidiu apostar nesta edição.

Como é hábito, o Festival homenageia uma grande figura do teatro português. Em 2017, a escolha recai em António Lagarto, o cenógrafo e figurinista que Eugénia Vasques identifica como um mestre do “barroquismo simbólico”.

Em Lisboa, cinco espetáculos sobem aos palcos dos teatros Taborda, D. Maria II e Centro Cultural de Belém, destacando-se os ansiados regressos do italiano Pippo Delbono e dos belgas Peeping Tom a Portugal. FB

[ver relacionados]

Relacionado

Ela diz

Festival de Almada

Teatro › Espetáculos
5 a 9 jul/17
Costa do Castelo, 75
1100-178 Lisboa

Bovary

Festival de Almada

Teatro › Espetáculos
6 e 7 jul/17
Praça D. Pedro IV
1100-201 Lisboa

Moeder

Festival de Almada

Teatro › Espetáculos
11 jul/17
Praça do Império
1449-003 Lisboa

Primeira Imagem

Festival de Almada

Teatro › Espetáculos
12 a 16 jul/17
Praça D. Pedro IV
1100-201 Lisboa

Vangelo

Festival de Almada

Teatro › Espetáculos
15 e 16 jul/17
Praça D. Pedro IV
1100-201 Lisboa

10 razões para ir a Almada

Sugestões ‘fora de portas´ para o 34.º Festival de Almada

Formulário de procura

Património e Natureza